Casulo-_camilascopia-6.jpg

Casulo

É o meu mais novo single, e vou contar um pouco para vocês sobre essa canção. 

No processo de tentar romper com o meu próprio casulo, um dia sentei com o violão à mão para escrever uma música com esse mesmo título.

Em um primeiro momento, me surgiu a vontade de escrever sobre uma pessoa que, envolta a vida inteira sob o manto protetor do seu casulo, ao tomar contato com o mundo, chocava-se. Não conseguia se abrir às possibilidades desse contato, preferindo julgar a nova realidade como "estranha", ao invés de simplesmente "diferente".

A ideia era muito linda, mas eu simplesmente... não conseguia escrever. Tentei enxergar por essa perspectiva, mas nada fluía. Abandonei a música com poucos versos escritos, mas o título já pronto.

Então recolhia-se novamente ao seu casulo, pois mesmo o conforto desconfortável, mas conhecido, parecia bem melhor do que o voo em lugares distantes de sua própria terra. 

Ao passar dos dias, fui pensando sobre: é claro que eu não conseguiria escrever sob essa perspectiva. Pois, desde criança, viajei muito com a minha família, em virtude dos mais diversos festivais nativistas que o meu pai participava.

E eu tinha uma habilidade de me adaptar muito facilmente às cidades em que íamos, às pessoas... Apesar de ficar apenas um final de semana em uma determinada cidade, eu virava uma quase-local: lembro de levar junto boa parte do meu quarto, enfeitava o quarto do hotel como se fosse ficar ali para sempre e, na hora de ir embora no domingo ou na segunda, era um sacrifício enorme.

Aí me surgiu uma nova ideia: eu, que sempre tive essa abertura para o mundo, o que diria para as pessoas que, de certa forma, ainda não romperam seus casulos, formados pela sua própria (mas não única) visão de mundo?

Corri para o violão, e, surpresa: as palavras saíram de um fôlego só.

E, à medida em que fui escrevendo, cantando e tocando, me dei conta que, por mais abertos que possamos nos considerar, sempre, em alguma área de nossas vidas, ainda estamos no casulo. A vida é um esforço constante para rompê-lo, sempre em busca da nossa melhor versão.

Enfim, libertei essa canção do meu casulo para dividi-la com vocês.

E desejo, do fundo do meu coração, que ela possa ajudar a romper muitos outros casulos.

Ouça agora:

  • Spotify ícone social
  • Deezer ícone social
  • YouTube

Foto: Camila Albrecht