Buscar
  • Talyta Vargas

Dia 2 de filmagens do clipe Metamorfose

Deixa eu contar para vocês que ontem (06/09) foi o segundo dia de gravações do clipe da música "Metamorfose".


Eu queria muito que, ao menos em uma parte do clipe, tivessem cenas de campo - afinal, sou filha dos pampas e amo muito a região onde nasci. Sempre que posso, faço questão de mostrá-la para o mundo. Até porque o melhor pôr-do-sol a gente encontra aqui! O céu fica todo multicor em contrastre com o verde dos campos. E sim, eu precisava de takes dessa que é uma das horas mais mágicas dos pagos pampeanos.


O local escolhido foi a Estância Santa Anna, na localidade do Campo Seco, aqui no interior de Dom Pedrito. Minha família materna viveu por anos a fio no Campo Seco, minha mãe nasceu lá inclusive. Sempre que visito o Campo Seco, tem um sabor de infância e ancestralidade.

E a Estância Santa Anna têm campos maravilhosos... Por tudo isso, botei o pé na estrada e me dirigi pra lá.

Motorista atenta ou tensa? Os dois!


Dá para ver pela minha cara a tensão. É que, pela previsão do tempo, o dia ia ser de muito sol e calor. Só que, indo pra estância, o tempo começou a ficar com cara de chuva e esfriar. Ao mesmo tempo, me deu um nó na garganta e uma vontade de chorar... pois fazer esse clipe tem custado bastante esforço. Bom, ninguém disse que a "Metamorfose" seria algo fácil, não?Então segui adiante disposta a fazer com chuva mesmo. Quem sabe não aparece um arco-íris no final da tarde?


Chegando lá, fomos recebidos pelo Diego Torres, proprietário da Estância Santa Anna, que fez a gente se sentir como se estivéssemos em casa. Inclusive nos colocou na camioneta dele para nos mostrar todos os locais aonde poderíamos filmar.

Aqui com o Diego Torres, proprietário da Estância Santa Anna

Mar verde


Escolhido o campo, começamos a nos preparar para filmar. Mas o que não contávamos era com a curiosidade que estávamos gerando nos touros! Vieram para a nossa volta e dali não saíram mais... Ainda bem que eu não estava de vermelho, senão iam me confundir com uma toureira. Socorro!

O jeito é fazer a egípcia!


Passadas algumas horas, como um milagre, o tempo abriu, os touros foram para outro lado... Começamos finalmente os trabalhos!

"Partiu Lua" diz o Walter, nosso cameraman


Contorcionista - ajustando o corpo


Logo nos primeiros takes comecei a ficar com bolhas nos pés por causa dos sapatos. "Metamorfose" tem uma sequência de dança criada com exclusividade pela Laura Iracet, uma bailarina incrível e renomada aqui da minha terra. Então, sim, tenho que me movimentar bastante! Para seguir adiante, acatei a sugestão do cameraman de dançar com os pés descalços. No começo fiquei meio sestrosa com a ideia, mas ao colocar os pés no chão senti uma conexão incrível com a terra. E também me senti muito mais livre!


E foi com um pôr-do-sol incrível que encerramos com chave de ouro esse dia de gravações recheado de imprevistos!


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo